13/10/2015

Meu gato baba muito. É normal?


Ter um animal de estimação não significa estar livre de preocupações. A maior parte delas desaparecerá assim que tivermos alguma informação a respeito, ainda que outras correspondam a condições mais graves do animal, que deverão ser analisadas por um veterinário. 

O fato de que um gato salive em abundância não deve ser levado em conta, em um primeiro momento, como uma doença ou condição. De fato, em alguns destes felinos pode ser considerado uma característica normal de seu organismo. A mesma se produz como resposta a determinados estímulos, por exemplo, perante a comida, o medo ou o vômito.
No entanto, em outros casos, os gatos podem desenvolver uma doença. A mesma se materializa quando o gato baba em excesso sem uma causa justificada. Nesta situação, o dono deve levar seu pet a uma clínica veterinária, onde seja tratado o seu comportamento atípico.

Ptialismo

É o termo que geralmente se conhece esta doença, cuja manifestação mais evidente é o excesso de baba ou de salivação. Quando esta situação aparece de forma súbita e se prolonga ao longo dos dias, deve se associar com uma lesão ou doença do animal.

Causas da doença

O ptialismo pode se originar por uma variedade de causas. No entanto, no caso dos gatos, esta condição está relacionada a doenças derivadas do inchaço de cáries ou gengivas. A condição da língua, esteja infectada ou lesionada, também pode provocar excesso de salivação. Do mesmo modo, a existência de úlceras, tumores orais ou náuseas podem ser as responsáveis pela baba que apresenta o animal.

Recomendações para evitar a doença

Se o seu gato sofre desta condição, pode realizar algumas ações para evitar esta condição. Assim, vacinar o gato contra a raiva é a primeira coisa que você deve fazer. Da mesma forma, manter uma higiene adequada no animal, fundamentalmente de caráter dental, ajudará neste sentido. Paralelamente, também deve realizar visitas programadas ao veterinário.

Fique atento aos sinais que seu animal de estimação apresenta. Ações de prevenção pode evitar que ele desenvolva uma série de doenças.