28 de dezembro de 2014

Quer ter um pet bem educado? Confira as dicas.



Educar um animalzinho não é tarefa fácil. Cães podem ser geniosos e ter reações inusitadas e antissociais. 

Na maioria das vezes, o problema é com os donos e não com os cachorros, os humanos não podem perder de vista a noção de hierarquia canina. Todo cachorro pertence a uma matilha, e toda matilha deve ter um líder. Se o cão percebe que não há um líder, ele vai ser o rei do pedaço.

Veja as dicas:

- Entenda como seu cão pensa. Tente compreender do que cada raça precisa.

- Lembre que você deve ser o líder. Não deixe que ele faça o que quiser. Voz firme e postura correta são fundamentais.

- Recompense o bom comportamento do cão. Pode ser com comida, como biscoitos e ossinhos, ou em forma de carinho. Escolha o momento certo para recompensar o cachorro.

- É importante repetir os mesmos comandos várias vezes. Cerca de 80% do treinamento é repetitivo, enquanto os outros 20% são associativos.

- Não incentive maus hábitos. Não é porque determinada atitude é “fofinha” que o cachorro pode fazê-la.

- Combine com toda a família os comandos que vão ser ensinados ao cão. Combine também as regras da casa para que o cão não se confunda.

- É importante oferecer diversas experiências para estimular o cérebro e os sentidos do cão. Exercícios físicos são fundamentais para não deixá-lo estressado e irritado. Muitos cães ficam agressivos por causa da solidão.

- O ideal é que o cachorro seja adestrado a partir dos dois meses de idade. Mudar um comportamento arraigado é sempre mais difícil.

- Continue reforçando o aprendizado do cachorro durante toda a vida dele.

- Cuide do ambiente do cão. Ele é extremamente importante para sua saúde e comportamento.

- Lembre-se: cães agem segundo instintos. Não se deve tratar um cachorro como se fosse um bebê, por exemplo, ou esperar que ele aprenda tudo sozinho.



Além de educar, dos cuidados básicos e visitas periódicas ao veterinário, seu animal de estimação necessita de atenção, carinho e muito amor. 
 Paz, amor, saúde e sucesso!

12 comentários:

  1. Passando para lhe desejar um feliz ano novo que em 2015 todos os nossos sonhos se tornem em realidade…. Desejo: muita saúde, paz, amor, prosperidade e sucesso para todos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ótimas dicas!
    Meus cães são muito mimados, não me obedecem muito, não...mas são umas graças rsrs
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. Boas dicas, úteis para quem tem animais, eu ficava com o que está no cestinho, tão fofo,
    beijo amiga

    ResponderExcluir
  4. Um ano novo cheio de magia e luz beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  5. Feliz Ano Novo amiga Magda.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Acho que uma das coisas mais difíceis que já fiz/faço na minha vida é educar minhas cachorras. Elas são terriveeeeeis!! rs

    Um ótimo começo de ano pra você, Magda.

    Bjks!

    http://mundodelatita.blogspot.com
    http://instagram.com/mundodelatita
    http://facebook.com/facebook.com/pages/Mundo-de-la-Tita/418313061658844

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga

    Desejo para ti
    braços bem abertos
    para receber com carinho
    o ano que se aproxima.
    Ele traz um presente:
    - Uma vontade de que olhes
    para alguém ou para alguma coisa,
    com olhos de primeira vez.
    Recebendo este presente,
    as sementes de alegria que te habitam,
    estarão recebendo seu melhor alimento,
    e assim se transformarão em realidade,
    perfumando sua vida e sua alma
    com sua maravilhosa, única e infinita
    essência de felicidade.

    Um ano novo de olhares novos para ti.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir
  8. Olá amiga Magda! Vim desejar-te muitas alegrias, felicidades e saúde em 2015! Beijos da Nina e abraços e lambidas dos meus cholinhos....

    ResponderExcluir
  9. Oi Magda, saudade!
    Quando eu comprei o meu poodle, tinha acabado de perder um outro que só durou uma semana comigo. Comprei de um canil que disse que ele era vacinado e vermifugado (com atestados) e no entanto ele morreu segundo o veterinário, com uma crise de vermes (só ficou 5 dias comigo e 2 internado). Com isso, quando o Floquinho não queria comer, eu me apavorava lembrando do que morreu e que não comia nada, aí dava a ração de 1 em 1 (igual pipoca kkk) na boquinha dele com medo dele morrer tb. Resultado, até os 7 anos ele só comia se desse na boca. O veterinário dele brigava muito comigo dizendo que ele me comandava kkkk, mas eu deixava.
    Amiga, desejo um 2015 abençoado, com muita paz, saúde, alegrias e prosperidade p/vc e sua família.
    Bjssssssss

    ResponderExcluir
  10. Dinha, imagino como o Floquinho é mimado e paparicado! Gostei de saber um pouco da história do seu anjinho peludo. ;)
    Um maravilhoso 2015 pra você também, minha querida!
    Muita paz!
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  11. Sempre delicioso saber um pouquinho mais como cuidar bem dos nossos amadinhos!
    Beijos com carinho da tia da Cookie, que ainda sente muitas saudades dela!...
    FELIZ 2015, querida Magda!!!

    ResponderExcluir