Festas de final de ano. O que fazer quando os cães têm medo dos fogos de artifício.

Aqui no Brasil, tudo parece ser uma desculpa para soltar fogos de artifício. Em todas as datas comemorativas e finais de campeonato, quem sofre com toda essa barulheira é o nosso cachorro.

Saiba o que fazer com o seu cachorro que tem medo de fogos de artifício e entenda o motivo dessa fobia.

Por que cachorro tem medo de fogos?

O cão possui audição muito sensível, podendo escutar a origem do som em até 6 centésimos de segundo e chegando a escutar até 45 mil hertz.

Então, o som dos fogos (também alarmes e trovões) pode ser uma fonte de inquietação. Inicialmente essa sensibilidade se desenvolveu ao longo da evolução, com o intuito de detectar presas e aprimorar a comunicação com outros companheiros da matilha.

Cachorro com medo de fogos. O que fazer? 

Veja algumas dicas para ajudar seu cachorro nesta hora.
  • Conversar com um adestrador sobre o problema e começar a tratar a questão o quanto antes com treinamentos.
  • Em dias tranquilos, coloque o som de fogos para o seu cachorro ouvir e faça com que esse momento seja de brincadeira e diversão, para que ele associe o barulho a algo positivo.
  • Ficar acariciando o cachorro nesse momento não o ajuda a se ajustar ao barulho, e sim, pode estar incentivando o medo que ele está sentindo.
  • Se o seu cachorro precisa estar em seu lugarzinho seguro durante o tempo em que os fogos de artifício estão sendo soltos, deixe que ele se esconda.
  • As vezes o som da televisão ou do ventilador ajuda a abafar o barulho dos fogos lá fora.
  • Mantenha a calma e projete essa confiança para o seu cachorro. Lembre-se que os cães são peritos em linguagem corporal e vão saber se você estiver só fingindo estar calma.
  • Colocar um algodãozinho no ouvido do cachorro para que ele não escute com tanta intensidade o barulho.
  • Colocar o cão em uma guia, sem estar apertada, para que ele não fuja.
  • Conferir o portão da sua casa. Essa atitude é importante pois muitos cães, quando estão com medo no momento dos fogos, fogem.
  • Manter a coleira no seu cão, com identificação, assim como considerar colocar um microchip no animal.
  • Entre em contato com um homeopata para acompanhamento no tratamento de casos de ansiedade. 
Lembrando que nesse caso, o resultado não é imediato.

Sempre converse com o seu veterinário sobre o problema. Em casos extremos, o profissional responsável pode prescrever um tranquilizante para que o cachorro mantenha a calma.

Se possível, evite deixar seu cão sozinho em casa em dias que provavelmente soltarão fogos de artifício.
       
Fonte: Google        
                                    
                               



16 comentários:

  1. Ótimas dicas!
    Tenho dois cães com muito medo de fogos. Vou seguir as dicas.
    Umm abraço.

    ResponderExcluir
  2. Medo por fogos é comum nos cães. A audição dos caninos é muito sensível.
    Alguns podem fugir por essa fobia, precisamos estar atentos.
    Excelente postagem!
    Boas Festas pra você também!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Sempre com boas dicas amiga Magda!
    Os cães realmente tem muito medo de fogos,vou passar esses ensinamentos para a Cris.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Realmente essa época do ano é muito perigosa p/os cãezinhos e p/outros animais. Vejo da minha janela os pombos e os pássaros voando desesperados.
    Meu heroizinho não tinha medo kkk
    Bjssss amiga

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho medo imagine os bichinhos aff.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. Seu blog e suas postagens são lindas
    Beijos
    minicontista

    ResponderExcluir
  7. Boas dicas é sempre bom saber o que podemos fazer para os ajudar...eles têm mesmo muito medo dos fogos!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  8. nunca é demais lembrar estas dicas, porque continuam a desaparecer animais desta forma..:(
    Beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Magda, que bom te encontrar.

    Esse é o link onde podemos pedir ajuda. Entre no fórum de ajuda que eles entrarão em contato com você. https://support.google.com/blogger/?p=help_home&hl=pt#topic=3339243

    Seu post está mimo cuidando dos lindos e amorosos pequeninos.

    Beijos e Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  10. Um tema bem pertinente mesmo, dadas as comemorações de final do ano, que se aproximam a passos largos...
    Aproveitando, para lhe desejar, Magda, um Feliz Natal, pleno de afectos, saúde e paz, na companhia dos que lhe são mais queridos!
    Beijos! Festas Felizes!
    Ana

    ResponderExcluir
  11. Oi Magda,
    Acho que deveria ter nascido um cão. Meus ouvidos doem com tanto barulho.
    Feliz Natal
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  12. Bom dia Magda.
    Ótimas dicas. A nossa cachorrinha a minha filha a mantém do colo nos estoros. Mas ela se mantém calminha.Não mostra sinais de medo. Mas também nunca ficou sozinha. Um lindo e feliz 2016. Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Magda.
    Ótimas dicas. A nossa cachorrinha a minha filha a mantém do colo nos estoros. Mas ela se mantém calminha.Não mostra sinais de medo. Mas também nunca ficou sozinha. Um lindo e feliz 2016. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. BO ANINOVO! Gostei de ler este interesante tema do medo aos fogos artificiais ou mesmo ao trono (tormenta). Sempre é bo coñecer cómo comportarse co animaliño nestes e noutros casos porque como non falan.... Moitas grazas por aportarnos estes "saberes". Un pracer entrar no seu blog. Saudiños

    ResponderExcluir
  15. Magnífico Reportaje como siempre para entender mejor a nuestro amigos, los animales y en concreto los perros.
    ¡¡¡Feliz Noche y Día de Reyes Magos en compañía de Todos tus seres queridos!!!
    Que nos dejen muchísima Salud y Amor.
    Abraços e Beijos.

    ResponderExcluir