Cinomose: Atenção para essa grave doença.

O que é cinomose?

É doença que acomete os cães. Ela pode atingir vários órgãos, ou seja, é sistêmica, podendo atuar em todo o organismo.
É altamente contagiosa, sendo causada por um vírus que sobrevive por muito tempo em ambiente seco e frio, e menos de um mês em local quente e úmido. É um vírus muito sensível ao calor, luz solar e desinfetantes comuns e, leva quase sempre à morte tanto filhotes, porém os adultos também podem se contaminar se não vacinados. Não escolhe sexo ou raça, nem a época do ano.

Como essa doença é transmitida? 

Ela se dá através de animais que se contaminam por contato direto com outros animais já infectados ou pelas vias aéreas quando respiram o ar já contaminado.
Alguns animais doentes podem ser assintomáticos, ou seja, não apresentarem sintomas, porém estão disseminando o vírus para outros animais ao seu redor através de secreções oculares, nasais, orais ou pelas fezes, sendo que a principal fonte de transmissão é através de espirros, pois quando o animal espirra, elimina gotículas de água pelo nariz e estas gotículas estão contaminadas com o vírus. Este ato de espirrar pode contaminar cães sadios que estiverem por perto ou até mesmo um humano pode carregar o vírus nas suas roupas ou sapatos, sem se contaminar indo até um animal sadio, onde será depositado. Portanto, o cão pode se infectar por via respiratória ou digestiva, através de contato direto ou fômites (um humano, por exemplo) e até por água e alimentos que contenham secreções de animais contaminados.

Os sintomas da Cinomose: 

Normalmente os primeiros sintomas da 2º fase são febre , falta de apetite, vômitos, diarréia, dificuldade para respirar. Depois conjuntivite com secreção , corrimento nasal, com crostas no focinho, e pneumonia. Pode se seguir por 1 a 2 semanas e daí aparecerem os sintomas nervosos, tiques nervosos, depois sintomas de lesões no cérebro e medula espinhal. Em uns, por inflamação no cérebro, os animais ficam agressivos, não conseguem as vezes reconhecer seu dono, ou em outros, ocorre paralisia dos músculos da face em que o animal não consegue abrir a boca nem para tomar água, apatia profunda; por lesões no cérebro e na medula espinhal, andar cambaleante, paralisia. Dificilmente os sintomas são estacionários (vão piorando sempre, de maneira lenta ou rápida).

Tratamento 

O prognóstico varia de acordo com cada animal. Os filhotes, por exemplo, têm um prognóstico desfavorável de recuperação, possuindo alta taxa de mortalidade, pois seu sistema imunológico não está desenvolvido e apto totalmente para combater todos os sintomas causados pelo vírus.
O melhor tratamento relatado em pesquisas para cães adultos é o uso de Ribavirina (antiviral potente, porém difícil de encontrar) que tem eficácia comprovada em animais. Em segundo lugar, vem a vitamina A.
É importante esclarecer que as doses de vitamina A usadas para tratar cinomose são muito altas e tóxicas para humanos, porém a resistência dos cães a intoxicação por vitamina A (assim como todos os carnívoros) é muito maior que a do ser humano.
Atualmente já se sabe que retinóides (Vitamina A e seus derivados) tem efeito inibidor direto sobre o vírus do sarampo, o que corrobora sua capacidade como tratamento em animais com cinomose.
É necessário também tratar medicamentosamente os eventos paralelos que o vírus causa. Por exemplo, o animal pode receber medicamentos para a febre, diarréia, vômitos, convulsões, secreções, mantendo o animal em um ambiente limpo e com temperatura agradável, realizando uma alimentação correta, melhorando, com isso, os sintomas que a doença acarreta.

Como prevenir a Cinomose 


A única forma de combater a cinomose é através da prevenção com o importante e indiscutível ato da vacinação.
Os cães podem ser vacinados a partir de 6 semanas de idade, ficando a critério do médico veterinário, pois se o animal estiver debilitado, fora de peso, com parasitose, a recomendação é de que seu estado físico possa ser restabelecido antes da vacinação.
Os filhotes devem receber 3 doses desta vacina na primeira fase da vida. Posteriormente, os cães devem receber uma dose da vacina anualmente. Portanto, resumindo, são 3 doses, a primeira com 6 semanas de vida, após estas, fazer um reforço uma vez ao ano.
Portanto, é preciso deixar bem claro que a cinomose é um vírus que pode ser letal e que cabe aos proprietários o dever de se realizar a vacinação dos seus cães de modo a prevenirem a doença.

A única maneira de prevenir a cinomose é a vacinação.
Livre seu cão dessa terrível doença!


38 comentários:

  1. Magda ,é útil a divulgação dessas doenças que
    podem atingir nossos amiguinhos de quatro patas ,
    bom fim de semana , beijo

    ResponderExcluir
  2. oi Magda, parabéns como sempre trazendo alertas,sobre as doenças em nossos amiguinhos, bjs Rosinha

    ResponderExcluir
  3. Ótima postagem! Precisamos cuidar bem de nossos amigos.

    ResponderExcluir
  4. Valeu pelo alerta Magda!
    Não se imagina quanto é importante vacinar os cães, mesmo os adultos.

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  5. Sempre vale a pena lembrar que esses males existe e que é importante estarmos atentos as vacinas de nossos AUmigos... tenha um maravilhoso final de semana... beijinhos.

    ResponderExcluir
  6. Oi querida
    Eu tive um único cachorrinho que morreu de câncer, até operado ele foi, ficou internado e precisou ser sacrificado, nem quero falar mais nisso. Nunca mais tive animais.
    Muito boa postagem.
    Obrigada
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  7. Meu marido perdeu um cãozinho para a cinomose quando ele era criança. Foi um cão que ele resgatou da rua e que morreu em seguida dessa doença. Disse que a doença é terrível ;(
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Magda!
    Estou encantada com teu lindo blog, amo animais, principalmente cachorrinhos e gatinhos, já tive vários quando morava com minha mãe, e dois morreram com a cinomose, na época não tínhamos muito conhecimento dessa doença, nem muito acesso a veterinários. Hoje em dia meu irmão não espera, qualquer problema ele corre, a semana passada um dos cãezinhos dele, o Teló, foi operado de estreitamento no esôfago, fizemos até oração pra ele ficar bom, e graças a Deus ele se recupera bem.
    Parabéns pelo post e pelo teu encantador blog!
    Obrigada pela amável e gentil presença no meu cantinho!
    Beijos amiga, e abençoado final de semana!
    ──(> " " <) (> " " <)──
    ──( ='o'= ) ( ='o'= )──
    ──-(,,)-(,,)- (,,)-(,,)─

    ResponderExcluir
  9. É sempre bom estar atento e você nos ajuda com suas postagens. Eu já perdi um cãozinho por causa da cinomose e não quero que isso acontece novamente, de jeito nenhum.
    Obrigado por compartilhar.
    Abraço.
    Gilson.

    ResponderExcluir
  10. Olá linda amiga Magda,quantos ensinamentos maravilhosos você nos passa.

    Fiquei feliz em vê-la,como seguidora de alguns amigos meus e seus comentários deixados,como no blog da minha grande amiga Dorli-Lua Singular.
    Um grande beijo à você e à sua mãe.

    Bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Essa sua postagem foi show Magda!
    Muito importante alertar a todos sobre essa doença terrível!
    A mel teve essa doença, mas graças a deus se recuperou!!! Só de pensar que o veterinário cogitou sacrificá-la... meu Deus, nem quero lembrar!!!
    Mas é possível vencer essa doença! Tem que ter fé, carinho e muito amor!!!
    E como vc disse, a vacinação é a melhor forma de prevenção!!!!

    Beijos e tudo de bom pra você e a fofa da Vicky!!!

    ResponderExcluir
  12. Olá lindinha!!

    Parabéns pelos arquivos tão bem selecionados.

    Obrigada pela visita e quanto as mudanças do nosso país, movimentar é preciso só que precisamos focar o que realmente queremos. Tipo: diminuir os salários dos políticos e avançar nas questões primordiais dos brasileiros.

    Beijos e feliz domingo para todos vocês.

    ResponderExcluir
  13. Atenção!
    Eu tratei o meu cachorro de cinomose com Vitamina A e levando ao veterinário para dar antibióticos e baixar a febre. Com febre os cachorros se recusam a comer. As informações abaixo vem da wikipedia, que diz que de acordo com um artigo científico o tratamento com a Vitamina A funcionou em 100% dos casos. Ainda a wiki, diz que a dosagem suportada por cachorros de Vitamina A seria de 300.000 UI/kg, o meu cachorro tem 20 kg e eu dei mais ou menos 300.000 UI por dia, em comprimidos de 50.000 UI cada, por 1 mês, levando para o veterinário para tratar os outros sintomas, funcionou para o meu cão. Segue as informações:

    "A primeira constatação foi quando a indução de altos níveis séricos de Vitamina A, que é um tratamento ostensivamente utilizado para tratamento de sarampo, produziu um efeito de 100% de cura em animais experimentalmente infectados. O grupo que não recebeu a suplementação todo veio a óbito."
    "A constatação da eficácia da Vitamina A no tratamento da cinomose encontra nos carnívoros, especialmente nos cães, um aliado excepcional, que é sua capacidade de conversão da Vitamina A em ésteres não tóxicos. Para os cães em especial existe um valor de referência para mensurar o risco da hipervitaminose, um estudo realizado nos Estados Unidos constatou que é preciso uma dosagem de 300.000 UI/kg diária, durante trinta dias, para que os primeiros sinais de hipervitaminose apareçam; e é preciso sessenta dias de ingestão dessa dosagem para levar o animal a óbito."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      As informações sobre o tratamento da cinomose já foram corrigidas e complementadas conforme os procedimentos de combate a doença atualmente.
      Muito obrigada!

      Excluir
  14. Oi Magda!
    Meu cão feleceu mesmo com o tratamento com a vitamina A. Logo que ele apresentou os primeiros sintomas o levamos ao vet, mas infelizmente não puderam salvá-lo.
    O veterinário disse que essa doença ainda tem altos índices de mortalidade mesmo com os tratamentos atuais.
    A melhor prevenção é a vacinação, sem dúvida!

    ResponderExcluir
  15. Muito importante essa postagem!!
    A vacinação é a única forma de evitar essa doença. É lamentável que muitos donos de animais não dão a devida importância a vacinação anual de seus cães.
    Já tive quinze cachorros e atualmente tenho dez. Nenhum contraiu cinomose.
    É muito importante que as pessoas saibam as doenças que seus animais podem ter, além da prevenção e o tratamento das mesmas.
    Abraços e um excelente domingo!!

    ResponderExcluir
  16. Sou veterinária e já vi vários cães que não são vacinados, morrerem por causa da cinomose.
    É uma doença potencialmente fatal e que pode deixar sérias sequelas.
    Ótimo post de alerta!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. ÓTIMA POSTAGEM, COLEGA MAGDA. REALMENTE A PREVENÇÃO, AINDA É A MELHOR SOLUÇÃO.
    DESEJAMOS A VOCÊ E SEUS FOFINHOS UMA LINDA NOVA SEMANA.
    UM ABRAÇO BEM BONITO, DA DONA GAM, DA MAUAU, DO GATO-TÔ, DO PHANTOM E DO GATITO! :)
    AH... VENHA EM "GAM - PET & CATS" PRA CONFERIR NOSSA NOVA HISTORINHA! :)

    ResponderExcluir
  18. Olá, querida Magda
    Animalzinho merece respeito e cuidados...
    Sempre tivemos por perto algum; atualmente, nenhum pois viajo muito...
    Seja abençoada e feliz!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  19. Querida Magda,
    Vacinar os "bichinhos" é fundamental
    Te desejamos uma colorida semana, querida
    Beijinhos carinhosos de
    Verena e Anjinhos

    ResponderExcluir
  20. Oi amiga, sempre com informações valiosas né?

    Querida, passei p/deixar bjssss e desejar uma semana super abençoada.

    ResponderExcluir
  21. porisso temos que prestar atenção em todos os detalhes do comportamento dos nossos bichinhos..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  22. Boa noite Magda!
    Passando para desejar uma linda e abençoada semana!
    Beijos
    (\(\
    ( -.-)
    o__(")(")

    ResponderExcluir
  23. Passando para deixar um abraço e aprendo mais um pouquinho sobre os animais. Bjs.

    ResponderExcluir

  24. A vida é assim, um ciclo,
    uma viagem de trem e um incessante encontro e desencontro.
    Quem sabe seja por isso que ela é
    tão delicada e misteriosamente única e bela.
    Estou feliz por Deus me permitir
    estar visitando seu blog nessa viagem linda ,
    onde conheço tantos amigos e (as)entro em suas casas virtual
    e sou recebida com tanto carinho.
    Uma feliz semana minha doce e linda amizade.
    Beijos com todo carinho,,Evanir..

    ResponderExcluir
  25. E assim será feito!

    Graças pelas indicações apontadas!

    Maria Luísa

    ResponderExcluir
  26. ooi ooi lindeza,
    Ô dó dos bixinhos né...por isso devemos dar toda atenção pra eles.

    Quanto tempo né... Vim pedir desculpa pelo post só com fotos... e vim dizer que hoje, postei sobre as minhas tatuagens, que são três. Confere lá.. Tem vontade/coragem de fazer?
    Te espero lá.

    Beijinhos!

    http://edaisouassimeponto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Tivemos uma prima chamada Manu que não resistiu a essa terrível doença, foi muito sofrido esse período, como a casa dela é proxima a nossa e nós brincavamos juntos, tivemos que ficar em observação, mamãe e papai tiveram que desinfetar a casa toda, jogar nossos brinquedos fora e tudo da gente que a Manu tivesse tido contato..foi uma fase difícil!! :-(

    Beijos do Heman e Theodoro.

    ResponderExcluir
  28. Olá Magda! Me perdoe pela demora!
    Essa doença é muito perigosa mesmo! Perdemos um rottweiler por causa dela...
    Ele iria ser vacinado para preveni-la, mas, a doença chegou antes do dia da vacina...

    Porém, agora, todos os nossos cães são vacinados.
    Muito bom seu post para nos alertar!!!

    Beijos!!!!! Ótima quarta pra você!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  29. Magda, texto muito esclarecedor. Não vacinar animais é negligencia do tutor.
    Muita paz!

    ResponderExcluir
  30. Olá minha querida!
    Como sempre, excelente matéria. Infelizmente perdi alguns animaizinhos com essa doença. AUdotados filhotes, pegaram a doença antes da vicinação (ou no meio, não me lembro). Meus peludinhos já tenho um esquema: como eram muitos - hoje apenas 5 -, sempre aproveito o 13º para vaciná-los contra as doenças e contra a raiva. Os vermífugos e anti-pulgas durante o ano.
    Essa doença é muito triste e acho que a vacinação é a melhor maneira de mantermos nossos aumigos e miaumigos saudáveis pertinho de nós.

    Abração esmagador e lindo dia.
    PS: Ainda não peguei os selinhos que te pedi pq tô reformando a caverna. Quando eu terminar, se me autorizar, posto algumas dessas fotinhos com campanhas.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  31. Boa noite amiga
    É fundamental cuidar com zelo dos peludinhos. E vacinar é essencial.
    Obrigada minha flor por tua carinhosa visita
    Beijos e uma ótima quinta feira

    ResponderExcluir
  32. Olá!
    Gostaria de ganhar uma renda extra com seu blog trabalhando 1 hora por dia no seu computador?
    Não se trata de vendas e nem indicar pessoas.
    Acesse o site http://ganhosweb.com e faça o seu cadastro sem compromisso.

    ResponderExcluir
  33. OI MAGDA, AMEI SUA VISITA AO MEU CANTINHO E SEU LINDO COMENTÁRIO.
    JÁ ESTOU TE SEGUINDO MINHA NOVA AMIGA.
    MUITO IMPORTANTE SUA POSTAGEM SOBRE A SINOSMOSE, PRINCIPALMENTE PARA QUEM TEM ANIMAIS EM CASA.
    ESPERO VÊ-LA SEMPRE NOS MEUS CANTINHOS, TENHO 3
    TENHA UM ENTARCER ABENÇOADO.
    DEUS É FANTÁSTICO E HÁ TANTO O QUE ESCREVER SOBRE ELE PARA QUE MUITAS PESSOAS POSSAM CONHECÊ-LO E AMÁ-LO COMO ELE NOS AMA!
    UM ABRAÇO COM MUITO CARINHO DA NOVA AMIGA CIRINITA!

    ResponderExcluir
  34. Chato são qdo animais de rua tem essas doenças, outro dia minha amiga cuidou de um com cinomose e ainda está com ele mas curado garças a Deusm esta pra adoção.
    Bjs, Magda

    ResponderExcluir
  35. Olá, Magda!
    Saudades de ti e desse cantinho cheio de amor!
    Tudo bem? Vim retribuir o carinho da sua doce presença no Sonhos!
    Você, sempre no meu coração!!!
    Bjs,
    Josi

    ResponderExcluir
  36. Oi Flor
    Essa Postagem é muito importante
    A Ellen tomou a vacina e continua tomando conforme a carteirinha de vacinação

    Um Beijo Grande Minha Amiga Querida
    e um Maravilhoso Final de semana
    Andrea

    ResponderExcluir
  37. Ya estoy aquí, de nuevo.
    He estado estos días de viaje y, a la vez, descansando. En proximas entradas ya os iré contando...
    El día 1 de Julio comenzaré de nuevo con mis Publicaciones en poesiayvivencias...
    ¡¡¡Gracias por estar siempre ahí!!!
    Descansar bien que nos queda una buena caminata hasta Santiago de Compostela.
    Abraços.

    ResponderExcluir