29/04/2015

*Atenção aos lugares que seu cachorro pode pegar carrapato*

A doença do carrapato assusta os donos de cães, porque muitas vezes pode matar. O índice de mortalidade é alto, chega próximo aos 80%.
É preciso proteger o cachorro, mas nem sempre isso é suficiente. É necessário tratar o ambiente e o animal ao mesmo tempo. Tem que dedetizar a casa e aplicar no cachorro certas medicações e artifícios que combatam o carrapato no animal, como: pipetas, talco, óleos, e coleiras carrapaticidas (coleiras de borracha que já vem com medicação).

Locais onde seu cachorro fica mais exposto aos carrapatos:

Lugares com muitos cães

Nos parques ou nos cachorródromos, há o perigo de contrair pulgas ou carrapatos, justamente pela mistura de cães no mesmo local. Os carrapatos podem estar na grama alta, em moitas, ou até em outros cães e passar de um cão pro outro. O mesmo vale pra hotéis e creches para cães.

Solução: ao levar seu cachorro pra brincar, tenha certeza de que o anti-carrapato está em dia e evite deixar seu cão se esfregar na grama e em arbustos.


Quintal

Os carrapatos gostam de ficar embaixo das folhas da grama, ou seja, eles gostam da grama alta.
Solução: se você mora em casa com gramado, mantenha sempre bem curto e aparado.

carrapatos
Dentro de casa

Os membros da família podem trazer carrapato na pele, no sapato, na roupa, na bolsa, no cabelo…

Solução: quando forem fazer algum passeio mais ecológico, como trilhas, caminhadas, escaladas, troque de roupa e sapato antes de entrar em casa.

Veterinário

Pode ter um cão com carrapato na sala de espera. Ou até alguma outra doença.

Solução: quando levar seu cachorro no veterinário, mantenha-o na guia e evite contato com outros pacientes que estão na sala de espera.



Fale com seu veterinário sobre o melhor método para prevenir carrapatos.
Cuide do seu cão, mas não esqueça da parte psicológica. Além de saudável, seu cão precisa estar feliz!