22/02/2015

Piscina? Cuidado com seu peludo!


Muitos cachorros amam água, muitos odeiam, mas todos correm um risco grave: se afogar! Tanto cães como gatos sabem nadar, é óbvio que eles não vão afundar na água como pedras, mas eles não sabem sair da piscina. Os gatos são um pouco mais acrobatas, mas não custa prevenir!

Mesmo os exímios nadadores, mesmo os que nunca ficam a menos de um metro da água, todos os cachorros que ficam soltos no quintal correm o risco de cair na água quando você não está por perto. E como não sabem sair pela escadinha, eles podem acabar literalmente nadando até a exaustão – aí se afogam. Não vale correr o risco, não é?

Felizmente, você não precisa trancar o amigão dentro de casa para prevenir acidentes. É só tomar uma pequena medida de segurança: colocar uma rampa na beirada da piscina! E “rampa” pode ser desde uma tábua de madeira que sobrou da obra, ou uma prancha de surfe infantil fixa na borda, até uma plataforma comercial elaborada justamente para cães. 


Fácil assim! Só certifique-se de que a rampa está presa bem firme e não vai afundar com o peso. Uma boa forma de testar é subir você em cima dela e balançar, se aguentar uma pessoa, provavelmente aguenta um cachorro.

Se seu dog é daqueles que adora nadar, ensine-o a usar a rampa e deixe ele se divertir! Quando ele estiver na água, fique do lado de fora e chame-o para a rampa usando um petisco como incentivo. Ele vai descobrir rapidinho como sair da piscina.
Você pode repetir o exercício várias vezes, ficando cada vez mais longe da rampa, para fixar bem o aprendizado.

Depois é só aproveitar o verão! ;)

Fonte:gatinhobranco.com