Cães sentem pena das pessoas, diz pesquisa.


Pesquisadoras do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazr, em Portugal, descobriram que os cachorros parecem sentir empatia pelas emoções humanas, tanto que os animais usados em terapias podem até adquirir as emoções de seus donos.

De acordo com o estudo, os animais não copiam simplesmente as emoções que estão ao seu redor. Cães podem ficar chateados como uma criança quando criados em um ambiente familiar com brigas. E podem pedir por ajuda no caso de emergências, o que sugere certo grau de percepção e empatia.

Mas não é fácil enganar um cachorro. Em um experimento em que os donos dos animais fingiram um acidente ou um ataque cardíaco, os cães ficaram confusos e não prestaram socorro. Para as pesquisadoras, isso acontece porque o cão tem que sentir outros sinais, como cheiro e sons. Outro estudo mostrou que cachorros usados em terapias são afetados emocional e fisicamente por seu “trabalho” se beneficiando de massagens e outras práticas calmantes.

De acordo com as cientistas, os cães são afetados pelas emoções humanas por que são descendentes dos lobo, caninos sociais, cooperativos e que sentem empatia por outros lobos. A evolução e a domesticação teriam feito com que os cachorros conseguissem sincronizar suas emoções às humanas. Outro motivo seria a seleção artificial, que buscou animais cada vez mais inteligentes – e provavelmente capazes de “entender” melhor as pessoas.

Segundo o Discovery News, mais pesquisas devem ser realizadas para entender a origem do comportamento canino, as diferenças entre raças e a possibilidade de treinamento para essas habilidades emocionais.




18 comentários:

  1. Oi Magda
    E eles sentem mesmo, é uma delícia esses bichinhos, quando viram a carinha pra gente parecendo entender tudo.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. Acredito!! O meu só falta falar! rsrs
    Bj.

    ResponderExcluir
  3. Que lindo e é verdade! A nossa CUCA quando me vê um pouco mais quieta do que de costume e mais paradinha, logo vem me "consolar"!.Um amor! FELIZ NATAL, tuuuuuuuuuuuuuudo de bom,beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Oi minha querida amiga Magda!
    E como eles sabem quando estamos tristes e alegres!!
    Tenho muitas saudades do nosso Snoopy que entendia
    tudo que se passava ao nosso redor.
    bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderExcluir
  5. Sem entrar em detalhes, afirmo por experiência própria de que isto é a mais pura verdade! Só um exemplo: meu falecido Aleph, um Rottweiler lindão, certa vez deu ao meu marido, que estava muito triste, o seu bem mais precioso (ele era muito ciumento com comida): seu pedaço de pão. Ao ver meu marido chorando, ele simplesmente pegou o pão no chão e encostou-o na perna dele, até ele pegar.

    ResponderExcluir
  6. Que lindo Ana...parece que estou vendo essa cena! Poucos conhecem e valorizam o coração desses anjos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Querida Magda: mais um belo texto sobre esses simpáticos e inteligentes animais. Não é à toa que se diz que o cão é o melhor amigo do homem.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  8. Olá amiga linda. Como está vc?
    Estou aqui no corre, corre...
    Então... é bem notório esse seu texto pois tenho prova viva aqui em minha casa.
    Minha cocker chegou a ter vômito quando minha filha teve cólica de rim as 4 da manhã. Eu não sabia qual acudir primeiro, é incrível, ela sabe tudo, tudo mesmo!! As palavras os gestos a ação...tudinho, precisa ver.
    Isso é mesmo muito interssante e os estudos devem ser mais aprofundados. Deve ter alguma coisa que agente ainda não saiba sobre esses anjos.
    Valeu amiga!! Obrigada por compartilhar sempre conosco.
    Aprendo muito aqui, amo estar aqui.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Querida Magda
    Sim, com certeza os "bichinhos" sentem quando estamos tristes
    O Pepinho não desgrudava de mim quando notava que eu estava chateada
    Uma paixão!!

    Desejo um Feliz Natal e que 2014 seja repleto de alegrias
    Um beijinho natalino de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  10. Magda,cachorros são mesmo seres especiais! Me emociono quando vejo o trabalho deles em catástrofes,entre os escombros.Linda sua postagem! bjs,

    ResponderExcluir
  11. Oi, lindeza!!
    Que interessante essa pesquisa!!
    Mas acredito que nós, amantes e defensores dos amigos peludos, nunca tivemos dúvidas quanto a isso, né?! Eles são muito mais que instinto!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  12. Eles realmente entendem o que estamos sentimos no momento e são muito solidários nos momentos tristes... como esses seres são iluminados não é mesmo?! nos momentos tristes que passamos, basta uma carinha e um "estar perto" como se dissesse "olha! estou aqui do teu lado!" para nos trazer tranquilidade e reverter a tristeza em alegria e ternura!
    Esses nossos anjos são d+!!!

    Beijos querida e tudo de bom! Maravilhoso final de semana pra você e a fofinha da Vicky!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Magda,
    Passando para lhe desejar um ótimo domingo em companhia com os seus.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  14. Oi Magda,
    Você excluiu sua postagem? Saiu outra na minha lista e é a quarta vez que venho aqui e não a encontro.
    Bom Natal
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  15. Olá querida Dorli!
    Excluí sim, eu cliquei em publicar por engano, é que ainda não tinha acabado de digitar por completo a postagem... Desculpe :(
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Já presenciei esse sentimento, quando meu cachorro Robin morreu e o poodle Bob, do meu local de trabalho à época, ficava o tempo todo atras de mim, que me arrastava chorando pra lá e pra cá, me forçanco a trabalhar num dia de luto meu!!

    Além disso, sinto isso também com minhas gatas, e percebo, inclusive, que a Ágatha chega a ficar doente nos meus períodos de depressão profunda!! E a Mabel, fica que nem uma palhacinha, tentando me animar!! Tem muita coisa que a gente não entende ainda, né!!

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  17. Isso é verdade!
    E essas carinhas.... ai que vontade de encher de beijos.
    Li um livro "A Cabeça do Cachorro" que explica tim-tim por tim-tim os comportamentos e emoções. Já tenho mais alguns na lista, além do Encantador de Cães que amo.

    Abração esmgador e Feliz Natal!!!!

    Lambeijos na menininha.

    ResponderExcluir