6 de novembro de 2013

A tristeza de um cavalo.


Estou começando mais um dia. Mais uma etapa de serviço. Ainda é madrugada. Meu "dono" já vem me buscar para colocar-me atrelado na carroça. Eu olho a minha vestimenta, meu "dono" coloca-a, cheia de pregos e arames, em meu copo. Me machuca, mas eu não reclamo. 

Saio para trabalhar, mas o trajeto é longo, e eu me canso. Aí começo a apanhar. Sinto dor, a cada batida dói mais um pouco. Não resisto, vou diminuindo mais e mais o meu passo. E vou apanhando mais e mais. A dor aumenta. E meu dia vai passando. 

Quando anoitece fico feliz, pois está chegando a hora do descanso. Mas que nada; meu "dono" resolve parar em um bar. Encontra alguns amigos e fica bebendo até de madrugada. E eu cansado, tenho sede, tenho fome, continuo parado esperando. Às vezes mal aguento parar em pé. 

E quando ele sai, penso que vou para casa. Mas que nada, meu "dono" resolve apostar uma corrida para mostrar como eu sou bom. Mas ele não sabe que eu não aguento mais. Ele não quer ser desmentido, me faz correr e me bate. Corro para não apanhar mais. 

Meu corpo já está todo dolorido e cada vez que ele chacoalha as argolas, sinto medo pois sei que ele vai me bater no mesmo lugar, que já está em carne viva. Muitas vezes caio de cansaço e ele me levanta a pancadas.

Quando chego em casa ele me solta em um campo com um mato seco e com um balde de água suja, mas não sinto vontade de comer ou beber. Estou dolorido demais. Tento dormir, mas também não consigo.

A dor é grande, fico implorando à Deus para que as horas não passem. Mas não adianta, o dia amanhece e começa tudo novamente. Não reclamo. Não que eu não queira.

Mas eu não sei falar, sou apenas um cavalo...

( Autor Desconhecido )

***********************************************************


“A indiferença, desinteresse e falta de respeito que tanta gente demonstra ter para com os animais é maléfica, porque resulta em um empobrecimento grandioso do espírito humano”.
(Ashley Montagu)

“Não há diferenças fundamentais entre o homem e os animais nas suas faculdades mentais…os animais, como os homens, demonstram sentir prazer, dor, felicidade e sofrimento.”
(Charles Darwin)

13 comentários:

  1. Oi amiga Magda,é muito triste quando vemos
    esses animais sendo machucados,sofrendo ao puxarem
    carroças tão pesadas.
    Mas essa é a vida e como não podem falar,guardam
    essa tristeza e essa dor.
    Lindo texto.

    bjs e um ótimo dia
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderExcluir
  2. Que triste, mas, muito bom para refletir. O quanto o ser-humano faz questão de ser chamado de cruel....

    Beijos!!!!! Tenha uma linda semana!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Magda querida!!
    Muito triste essa mensagem, mas não podemos ignorar que
    seja a mais pura realidade,,,
    Há de se chegar o dia em que os homens saberão respeitar os animais
    e tratá-los como seus irmãos, buscando a convivência sadia entre ambos...
    Uma bela quarta-feira para você!!
    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  4. Olha isso!
    EMOCIONANTE DEMAIS!
    De repente triste, mas no fundo uma bela mensagem de amor.
    Gostei muito!
    Muito mesmo!
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  5. Magda querida
    Você me fez chorar
    Lindo texto!!!!
    Tem certas pessoas que são muito crueis com os "bichinhos"
    Fico indignada!
    Linda tarde, para tí
    Beijinhos de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  6. oi Magda,muito triste não vejo hora que toda essa crueldade acabe bjs Rosinha

    ResponderExcluir
  7. Magda querida, é muito triste saber disso. Saber que algumas pessoas não respeitam e não dão o devido valor aos animais. Sou totalmente contra carroças, acredito que existem outras formas das pessoas trabalharem.

    Bjs, Néia

    ResponderExcluir
  8. Que texto triste, Magda!

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  9. Que triste!

    E ainda o ser humano tem coragem de pedir bençãos ao Criador!!

    beijinhos,

    Lígia =ˆˆ=

    ResponderExcluir
  10. BOA TARDE, COLEGA MAGDA!
    OLHA... SEMPRE FUI CONTRA PESSOAS MONTAREM CAVALOS, SABIA? DESDE CRIANÇA, ACHO UMA JUDIAÇÃO MALTRATAR A COLUNA DO ANIMAL. É JUDIAÇÃO MALTRATAR QUALQUER ANIMAL MAS ASSIM COMO OS DEMAIS, OS CAVALOS NÃO NASCERAM PRA SER EXPOSTOS A CONDIÇÕES FÍSICAS EXTREMAS. QUEM CRIOU O PESO, QUE SE VIRE COM ELE, É OU NÃO É? O POBRE BICHINHO, NÃO NASCEU PRA SER BRINQUEDO NEM DE PASSEIO, NEM DE TRANSPORTE. É FATO!
    DESEJAMOS A VOCÊ E TEUS BICHINHOS, UMA LINDA QUINTA.
    UM ABRAÇO BEM BONITO, DA DONA GAM, DA MAUAU, DO GATO-TÔ, DO PHANTOM E DO GATITO! :)

    ResponderExcluir
  11. Eu não consigo ler sem chorar.
    Um dia a raça "humana" vai perceber que não importa a raça, dividimos o mesmo espaço e temos o mesmo direito à vida digna.
    Abração.

    ResponderExcluir
  12. Me sinto tao impotente. Queria poder fazer alguma coisa. Isso tem que mudar.

    ResponderExcluir
  13. E o ser humano ainda se diz "racional"...

    ResponderExcluir