*A realidade dos cães acorrentados*

Manter um cão acorrentado é o pior castigo que lhe pode dar. Os cães são animais de matilha, são animais sociais, que precisam estar integrados numa família com a qual possam interagir. Privar um cão de interação social e de exercício físico é algo extremamente cruel que contraria a sua natureza.
"São milhares e milhares os cães condenados a prisão perpétua, sem que tenham cometido nenhum crime. São mantidos acorrentados uma vida inteira. Por todo o país, são demasiados os cães que sofrem em silêncio. Sofrem em silêncio, porque muitas pessoas desconhecem o sofrimento dos animais acorrentados, outras pessoas não se importam e outras simplesmente não querem se “intrometer”.

Muitos animais não têm sequer um abrigo, outros dormem dentro de uma caixa que mal os protege da chuva e das temperaturas extremas. Sentam-se sobre a lama ou sobre o cimento gelado, muitas vezes não têm sequer água fresca à disposição e raramente têm atenção. Quase nenhum destes cães conhece outra vida que não estar amarrado a uma corrente.

Quase nenhum destes cães sabe o que é passear, o que é correr atrás de uma bola, nem muito menos o que é ser acarinhado.

Acorrentados pelo pescoço, estes animais não vivem, limitam-se a existir. Existem sem respeito, sem carinho, sem exercício, sem interação social e, muitas vezes, sem os cuidados alimentares e higiênicos mais básicos.

Acorrentar um animal tem um efeito muito negativo no seu temperamento, comportamento e saúde. 
Um cão acorrentado é um animal constantemente atormentado.

Acorrentar é escravizar!
Denuncie!

34 comentários:

  1. Oi Magda
    Ai que dó.
    Quando tinha meu cãozinho, só colocava a coleira para passear na cidade e era metrópole, mas se fosse aqui onde moro hoje, nem precisaria.
    Você está na minha lista de blog, por isso cheguei rapidinho, mas essa lista está dando problema, às vezes da pau e não atualiza de alguns, daí já viu o que acontece.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. Triste!
    Mas em casa nossos bichinhos são prá lá de felizes, vivem em perfeita harmonia com lugar, casa, quintal e vidinha gostosa.
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  3. É tão triste... conheci uma pessoa que apesar de tratar muito bem seu cão - alimentava-o com a melhor ração, levava sempre ao veterinário, dava banhos, enfim, fazia de tudo - deixava-o acorrentado 80 por cento do tempo. Fiz de tudo para convencê-lo a soltar o cão(ele tinha um bom quintal em casa)mas o pobre animal ficou acorrentado durante dezoito anos, que foi o tempo que viveu, apenas sendo solto algumas horas ao dia. Hoje ele tem um pássaro na gaiola. Ele jamais viu a luz do sol. Triste, triste...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que triste Ana. É de cortar o coração tomar conhecimento dessas histórias. Dezoito anos preso a maior parte do tempo, é cruel demais.
      Triste também saber que existem muitos casos assim ou até pior que esse, onde os cães ficam expostos ao sol e chuva, sem água, sem cuidados básicos e sem o menor carinho.
      Fico arrasada só de pensar...

      Excluir
  4. Acontece tanta vez.

    Eu recuso-me a prender os animais, mesmo passarinhos.

    beijo

    ResponderExcluir
  5. Querida Magda: isto é realmente muito triste.Um animal acorrentado é um animal mal amado. Antes não os tenham, porque se não sabem cuidar,não merecem todo o amor que um animal tem para oferecer.
    Bjs
    Márcia

    ResponderExcluir
  6. Percebo que algumas pessoas acorrentam seus cães por não terem como contê-los, seja pela ausência de um muro/portão, seja porque o cachorro dá um jeito de fugir, seja para o cachorro não entrar numa casa onde outros humanos não gostam de cachorro (esses relatos são verídicos e eu os ouvi dos "tutores"). Mesmo assim, não acho justo manter um cachorro na corrente! Se for assim, é melhor que nem tenha cachorro!

    Ótimo post!!

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  7. Mal posso imaginar uma vida inteira assim, sem liberdade. É de cortar o coração, mesmo. E o pior é quem prende, acha que por alimentar e dar abrigo está cuidando... :(
    Bjss

    ResponderExcluir
  8. Olá querida, fico de coração partido e as vezes cheguei até chorar ao me deparar com certas situações. Estava na minha frente, todas as manhãs e eu sem poder fazer absolutamente nada. Cheguei até pedir que ele me desse o cão que eu iria dar um jeito de cuidar e ele me negou dizendo que pro cão não faltava nada... me recuso acreditar que um ser humano pense assim.
    Até que um dia depois de tantas tentativas ele cedeu e entregou o cão que já estava irado e revoltado contra os humanos. Foi um luta mais conseguimos tira-lo da prisão. Por noites eu ouvia seus uivos e eu sem dormir chorava...
    Hoje ele vive com um parente do vizinho que cuida dele sem prende-lo mas ele tem o olhar triste.
    E mesmo assim, nem todos pensam igual e tem tanta gente malvada neste mundo.
    O que não pode é a gente cruzar os braços, temos que lutar. Um pouco de cada um de nós e mais um serzinho livre e feliz.
    Lindo post amiga. Parabéns, amo vc e seu lindo coração.
    BEIJOS.
    melissa e alecrim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graças a Deus você conseguiu livrar o cãozinho do sofrimento.
      Não podemos ficar inertes e calados perante o sofrimento desses seres indefesos e que não podem pedir socorro. Temos que tentar fazer algo e denunciar os maus-tratos sempre.
      Parabéns pela linda atitude!
      Beijos querida!

      Excluir
  9. Nunca he tenido a ningún perro encadenado y siempre han estado andando a sus anchas y, también, de paseo conmigo...Intento darles la mayor Libertad posible. Un perro encadenado es un perro sin ningún tipo de derechos y totalmente esclavizado.
    Muy buen Post.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
  10. Olá Magda!
    Acho um absurdo qualquer animal preso e acorrentado.
    Tem gente que tem o prazer de criá-los assim.
    Eu não tenho passinho pois acho triste demais vê-lo
    na gaiola e muitos cães ficam presos em grades como
    prisão e acorrentados, é uma maldade.

    Bjs, fica com Deus!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Magda!!
    É mesmo muito triste as condições a que muitos cães são submetidos.
    Ouvir o choro triste de um cão ou seus uivos melancólicos são de cortar
    o coração. Não sei pra que ter, se é pra manter nessas condições...
    Um abraço!!

    ResponderExcluir
  12. Pois é, corrente só se for para passear, cães precisam ser livres!!!

    Beijos!!!!!!!!!!!!!!!! Ótimo fds!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Muito bem dito, Magda!
    Um otimo final de semana.
    Woof, woof,

    Chicco

    ResponderExcluir
  14. Magda querida, tantas saudades!!! =)
    É triste os que os seres que se dizem humanos são capazes de fazer com essas criaturas indefesas, como se privá-los de viver não fosse fazer nenhuma diferença, quanta ignorância!
    Tenhas um bom domingo.

    ResponderExcluir
  15. Magda, acorrentar um cão é maltratá-lo. Infelizmente o ser humano ainda precisa melhorar muito em sua forma de se relacionar com os animais. A inconsciência impera! Muita paz!

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    http://www.pinterest.com/manyelly/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  17. É uma maldade acorrentar um animal
    Fico triste quando vejo ou "bichinho" nestas condições
    Lamentável!
    Beijinhos para você,Magda
    Com carinho de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  18. Magda,

    Concordo com seu texto. Uma amiga de minha filha comprou um shithzu e vive com ele preso num banheiro (para não sujar a casa e que a mãe não gosta de cheiro de cachorro). Nada me surpreenderá se ele ficar bravo.

    O meu vive na bagunça conosco. No primeiro dia já dormia no meu quarto. Eu vivo com ele no colo, abraço, brinco, beijo e converso. Adoraria ter um de grande porte. Quem sabe, um dia.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Falávamos disso hoje quando vimos um cão pulando e preso,
    confesso que não consigo entender.
    É uma maldade sem fim!
    Um bejim, querida!

    ResponderExcluir
  20. Pena que tem pessoas que nem ligam para eles...
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  21. Odeio quem faz isso... levei a imagem para divulgar hoje na minha fanpage... temos que divulgar muito e incentivar as pessoas a mudar esta situação.
    www.facebook.com/gatalilli

    ResponderExcluir
  22. É muito triste saber que essa situação é bem comum nos dias de hoje... É muita maldade nesse mundo meu Deus!
    Espero um dia que isso mude!

    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  23. Magda,

    Algumas pessoas não merecem ter animais!!!!

    Eu já tive 7 cãezinhos, que foram virando estrelinhas ao longo dos anos, porém, nunca os deixei acorrentados, sempre soltos, sempre cercados de cuidados e principalmente carinho!!

    Querida, quero te agradecer muito, pela sua presença amiga, pelas suas palavras carinhosas. Obrigada, vou guardar em meu coração!!

    Tenha um ótimo final de semana,

    bejinhos,

    Lígia e =ˆˆ=

    ResponderExcluir
  24. Olá Magda, vi o seu recadinho no blog da Ritinha e vim de fazer uma visita, pois este post que vc pois é muito importante,espero vc no meu cantinho.Parabéns pelo seu trabalho.
    http://drea-amigos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Magda querida, muito triste saber que ainda acorrentam os animais.
    Passei p/te desejar uma semana maravilhosa...
    Bjsssssssss amiga

    ResponderExcluir
  26. Assim como nós gostamos de ter o direito de ir e vir respeitados os animais também... jamais teria gaiolas ou correntes ou qualquer outra coisa que pudesse aprisionar os bichinhos...
    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  27. Olá Magda, vim conhecer seu blog e de cara já fiquei apaixonada! Sou uma pessoa que ama os animais! Acabei de perder uma amiguinha com câncer, foi muito sofrido, chorei muito e sinto muito a falta dela! Sua iniciativa é muito linda, parabéns! Abraços!

    ResponderExcluir
  28. olà Magda, tenha um otimo fim de semana.
    Woof, woof,

    Chicco

    ResponderExcluir
  29. Não consigo entender tal atitude...
    Se é para ter um cão, é suposto que seja um companheiro, não?

    ResponderExcluir
  30. Oiiii, só queria dizer que adorei o seu blog....amo os animais!já me tornei membro,Parabéns!

    ResponderExcluir
  31. Magda, os olhinhos ternurentos desses animais fazem doer o coração, esperemos que os seres
    humanos sejam isso mesmo, mais humanos, beijo

    ResponderExcluir
  32. Meus olhos se encheram de lágrimas. Infelizmente, muitos desconhecem isso e quando falamos, acham que estamos errados.
    Pior ainda é que as denúncias não são cumpridas como deveriam. Isso me dói, pois já passou da hora do ser "humano" respeitar os animais que convivem conosco nesse mundo.
    Boa matéria, tô levando o selinho pra postar na lateral, se me permite a divulgação.
    Abração e lindo dia.

    ResponderExcluir