14/04/2014

*Chocolate para pets? Nem pensar!*


Antes de dividir as guloseimas com o seu pet, é preciso tomar muito cuidado. O chocolate pode ser uma delícia para nós, mas pode causar intoxicação alimentar se ingerido por cães e gatos. No pior dos casos, a intoxicação pelo alimento pode levar até mesmo a óbito. Isso ocorre porque a forma de metabolizar as substâncias é uma das principais diferenças entre nós e os bichinhos.

Deu vontade de compartilhar um pedacinho do ovo de chocolate com o cão ou gato? Pois é bom controlar o impulso e resistir bravamente ao olhar pidão do melhor amigo. Entre os alimentos tóxicos para os animais de estimação, o chocolate é um dos maiores vilões.

O fígado dos pets não metaboliza direito uma substância presente no chocolate, chamada teobromina, que está relacionada com o teor de gordura do chocolate. Quanto menos gordura, mais teobromina a guloseima contém, o que significa que quanto mais amargo e escuro o chocolate, mais tóxico ao animal ele é. A substância age intensamente no organismo, podendo provocar o aumento de contrações musculares, excitação nervosa, micção em excesso, elevação da temperatura corporal, respiração acelerada, taquicardia, vômitos e diarreia.


A intoxicação por teobromina geralmente ocorre em animais pequenos e jovens, por serem menos seletivos e devido à quantidade de toxina em relação ao peso. “Dependendo da quantidade ingerida, de acordo com o porte do animal, o chocolate pode até levá-lo à morte por parada cardíaca ou respiratória. Por exemplo, 300g de chocolate ao leite podem intoxicar um animal de 5kg, sendo que ele pode morrer se a dose chegar a 400g. No caso do chocolate meio amargo, 200g já seriam letais para o pet.

Prevenir sempre!
Vamos lembrar que o melhor remédio é a prevenção. Sempre que possível, guarde os chocolates, ovos de páscoa e bombons bem longe dos animais de estimação e evite comê-los próximo ao bichinho para não deixá-los curiosos com o cheiro e sabor. Uma vez curioso e tentado, não vai medir esforços para procurar um pedacinho esquecido em algum canto da casa.

                                      Não esqueça também!