18 de março de 2013

Qual o melhor momento para dar um cão ao seu filho?

Antes de ceder aos apelos dos filhos, veja o que é preciso levar em conta ao comprar ou adotar um bichinho de estimação e qual a melhor raça para seu filho. Confira as dicas de um especialista.

O contato entre criança e bicho pode ser estabelecido desde os primeiros anos. Entre outras coisas, ajuda a ampliar o senso de responsabilidade dos pequenos, que, aos poucos, colaboram na rotina de cuidados com a mascote.

Para que a experiência dê certo, um profissional deve orientar o processo e a escolha da raça. Os cães de porte grande, caso do labrador e golden, requerem espaço. São interessantes para crianças com temperamento mais ativo.

Já as raças menores e com pelos longos, como shih tzu, satisfazem os pequenos que gostam de cuidar e carregar no colo.

Mas lembre-se: bichos não são brinquedo e geram gastos. Crianças, claro, não têm consciência disso. Então, sempre que seu filho pedir um bichinho, não o iluda dizendo que "vai pensar no assunto" Explique suas razões com argumentos claros e dê a ele oportunidade de contato com a natureza: leve-o ao zoológico, a parques ou simplesmente até o vizinho que tem um cão.

As 6 raças de cães mais recomendadas para conviver com crianças:

Aqui estão algumas raças de cães entre aquelas reconhecidas pelo temperamento afetuoso e brincalhão. Você vai conhecer as características de cada uma e descobrir quem pode ser o melhor amigo do seu filho. Confira:

1. Labrador

Alegre, flexível e grande amigo, o britânico labrador tem disposição de sobra para brincadeiras. A inteligência e o temperamento estável estão entre as marcas registradas da raça. Por isso mesmo, o labrador é um dos preferidos para atuar como guia para cegos. Para manter a forma, o labrador precisa nadar, caminhar, correr e se entregar a brincadeiras. Além disto, são recomendados banhos mensais. O pêlo resistente requer uma boa escovação a cada semana.

2. Yorkshire


Simpático e afetuoso, o inglês yorkshire é dono de personalidade marcante. Bom amigo de crianças maiores, com cerca de 8 anos, que já podem entender a importância de se respeitar seu porte delicado. Pulos de lugares altos são arriscados: portanto, cuidado ao colocá-lo em sofás ou camas. Como adora brincar pela casa, o yorkshire só precisa de passeios curtos para atender às necessidades de exercícios. O grande charme da raça é a pelagem longa, que requer escovações diárias e banhos semanais.

3. Cocker Spaniel Inglês


Imortalizado por Walt Disney em A Dama e o Vagabundo, o britânico cocker é conhecido pela personalidade afável e amorosa. Sensível, aprende com facilidade desde que seja tratado com o mesmo carinho que dispensa a todos da família. As caminhadas diárias, as brincadeiras e a alimentação correta são importantes para mantê-lo em forma e evitar uma certa tendência à obesidade. Escovações todos os dias e um banho semanal vão deixar a pelagem do cãozinho sempre bonita. Para prevenir otites, os ouvidos devem ser limpos duas vezes por semana com cotonete e produtos recomendados pelo veterinário.

4. Boxer


Tem um jeito bem-humorado e é tolerante com crianças e adultos. O temperamento afetuoso resulta da cuidadosa seleção de linhagens feita na Alemanha. Para educá-lo nas regras da família, os donos devem dosar firmeza e carinho. Bastante dinâmico, o boxer precisa gastar as energias com longas caminhadas diárias e exercícios, como buscar brinquedos. Com banhos mensais, o pêlo curto e liso ganha brilho. Se for escovado todos os dias, vai ficar feliz.

5. Golden Retriever


A docilidade, o charme e o potencial afetivo fazem desse britânico um dos companheiros preferidos em todo o mundo. Mas, para dar amor, ele precisa também receber. Como o golden só se realiza ao interagir constantemente com adultos e crianças, deve ser criado dentro da casa. Muito inteligente, aprende tudo rápido. A família toda vai ficar em forma para atender às suas necessidades de exercício. Nadar, correr, caminhar, ir e vir com brinquedos estão entre suas distrações favoritas. Banhos semanais e tosas higiênicas trimestrais garantem a higiene e elegância.

6. Dachshund


Oficialmente chamado de dachshund ou teckel, é mais conhecido como bassê ou salsicha. Alegre, corajoso e devotado, esse alemão às vezes age com teimosia. Por isso, imponha limites desde cedo. Você pode escolher entre os tamanhos standard, miniatura e anão e entre a pelagem lisa, longa ou dura. A coluna vertebral longa pede atenção na hora de pegá-lo no colo. O ideal é levantá-lo firmemente pelo cangote com uma das mãos, apoiando com a outra o corpo dele logo em seguida, tarefa indicada apenas a adultos e crianças maiores. O uso de coleira peitoral não é recomendado. A tendência a engordar é facilmente controlada com caminhadas, brincadeiras em casa e alimentação correta. Escovações semanais e banhos mensais são suficientes para manter o brilho da pelagem.


Não podemos esquecer dos vira-latas que também são cães maravilhosos. Mesmo sem raça definida, eles são tão ou mais: inteligentes, resistentes, dóceis, companheiros, amigos, carinhosos que os outros de qualquer raça.

(Magda)                                                                                     
                                            
Não sou lindo também?
                                                 

27 comentários:

  1. Adoro os vira-latas.Meu filho tem e ela está sempre por aqui, visitando nossa Cuca!

    Nunca deixar pensar que os bichinhos são descartáveis, se não que mais, se enjoar, devolve. Eles tem sentimentos! Sofrem! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga Magda,estou encantada com tudo que você coloca sobre os nossos animaizinhos!Parabéns!

    Bjs
    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
  3. Realmente bem lembrado! Todos tem que pensar antes de adquirir um animal, para fazer os bichinhos sofrer....eu já tive uma Goden desta, era maravilhosa, e chorei muito quando se foi. Beijinhos amiga

    ResponderExcluir
  4. eles são lindos sim,meus netos adotaram a questão de 1 mês o Yaco um SRD eles estão felizes,com o seu cãozinho bjs Rosinha

    ResponderExcluir
  5. Oi Magda querida, eu quero um de cada ok?
    Vira-lata pode mandar 2 KKKK
    Sou apaixonada por essas fofurinhas...
    Magda vdd, a internet pelo mundo eu não sei, mas a do Brasil ainda é muito fraca.
    O mais engraçado é que colocam anúncios na TV e quando vc solicita, não entra ainda no end, vai entender isso né?
    A que eu coloquei na justiça é muito boa no serviço, mas não cumpre o acordo e infelizmente é quem monopoliza no meu condomínio.

    Passei tb p/ agradecer teu carinho, dizer que vc é muito especial p/ mim e desejar que a tua semana seja maravilhosa.
    Bjssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  6. Adorei a postagem, Magda
    É preciso pensar bem antes de "adotar" um "bichinho"
    A responsabilidade é grande...

    Nós tivemos um Boxer que era uma "babá perfeita" para os meus três filhos quando eram pequenos
    Ele era uma paixão e se chamava Bruno

    Tenha uma alegre semana, amiga
    Beijinhos afetuosos de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  7. Eu acertei na escolha da raça, os labradores são maravilhosos com crianças, a minha filha tinha 6 anos quando comprei o Barum e eles sempre foram melhores amigos (o meu filho sempre gostou mais de gatos). Acho que o mais importante é que os pais assumam os cuidados e não obriguem os filhos a não ser que eles queiram ajudar. O mais importante é que os pais gostem de animais e compartilhem esse amor com seus filhos.
    Ótima semana pra você!
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
  8. Oi Magda, é a escolha de um animal de estimação é muito importate e deve ser bem pensada, já que ele fará parte da familia por muitos anos e requer cuidados e amor, por isso é sempre bom lembrar de todos esses fatores.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Nossa esse post está bem completo... quando era criança sempre pedia bichinhos para minha mãe e quando ela não me dava pegava da rua mesmo... aprendi amá-los e deles cuidar, apesar de desanimar muitas vezes... realmente dá trabalho e temos que ter em mente que não é sempre as mil maravilhas... tenha uma ótima semana e que essa carinha de outono continue.Beijinhos.
    Ah, coloque mais fotinhas da Vick...saudades daquela branquinha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi!
      Qualquer dia eu faço um post exclusivo da Vicky...rs rs
      Obrigada pelo carinho!
      Beijos!

      Excluir
  10. Siempre es un Placer y una Alegría pasear por tu maravilloso Blog, lleno de Ternura y buenos consejos para la idonea relación entre Animales y Humanos.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
  11. Amei!! Todas essas raças são perfeitas para as crianças, inclusive o vira-lata e o mestiço também podem ser uma ótima companhia... Até o yorkie?? Eu achava que ele era mais possessivo, rsrs, mas com exemplares dentro do padrão creio que não seja assim. Meu primeiro cachorrinho foi uma pinscher, eu gostava dela, mas a mesma mordia muito, rsrs.

    Beijos!! Ótima semana!

    ResponderExcluir
  12. Por puro acaso encontrei este tão valioso e bem cuidado espaço. É alentador ver trabalhos assim. Fez-me um pouco mais contente e confiante hoje.
    Obrigado e abraço.
    Gilson.

    ResponderExcluir
  13. Oi Magda...
    Adorei a postagem...Sempre convivi com animais...E meus filhos também ...Aqui no Japão ...por falta de espaço só temos a Nininha para alegrar nosso dia...Obrigada pelo carinho de sempre!
    Beijos!
    San...

    ResponderExcluir
  14. Bom dia, Magda!
    Vim com carinho, desejar tudo de bom pra tua vida! Amei sua presença no Sonhos e adorei vir ver seus "fofinhos"...lindos!
    Bjs carinhosos,
    Josi

    ResponderExcluir
  15. Интересный, информативный пост!

    ResponderExcluir
  16. Cada um mais lindo do que o outro! Crianças e animais têm tudo a ver! :) Tudo de bom para você e seus bichanos, viu? Lambeijokas da Lili! :)

    ResponderExcluir
  17. Quando nasci, ganhei um cachorro (era um fox terrier). Crescemos juntos. Brincámos juntos. Foi o meu companheiro de infância. Com ele, aprendi como cuidar, respeitar, amar e chorar por um cão. Depois dele, nunca mais consegui viver sem ter, como companhia, um cão (e na sua grande maioria, vira-latas). Hoje tenho dois (sem raça definida); os meus anjos caninos.

    ResponderExcluir
  18. Que post legal!!!!
    Aaah... eu amo animais, desde pequena!!! Sempre convivi com cães e agora descobri oi amor dos gatinhos *-* A cada dia fico mais encantada!!!
    Pra mim, qualquer raça é raça, porque o importante é o amor e o companheirismo deles!!!!

    Super beijos e um 'xerinho' na Vicky!!!!

    ResponderExcluir
  19. Delícia é ficar olhando as carinhas lindas desses nossos "irmãozinhos menores"... Querida Magda, meus olhos ficaram úmidos de emoção, pelo seu carinho no meu blog, por causa do Toquinho. Um beijo e muita paz!

    ResponderExcluir
  20. que benção de blog amiga adorei!!!!!!!!!

    Passei pra retribuir o carinho e pela visita em meu cantinho!
    bjos

    ResponderExcluir
  21. Ahh ótimo post! Quando os pais resolvem dar um animal p/o filho é preciso também da atenção dos pais, observar e ensinar o filho a cuidar, isso é muito importante mesmo,e depois a criança aprende a fazer as coisas sozinha. Finalmente consegui postar o selinho,e as fotos da Laika,e mais uma vez obrigada!

    ResponderExcluir
  22. Tem prêmio pra você lá no blog tá?!

    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  23. Adorei esse post Magda, muito obrigado!!
    Beijos.
    Woof, woof,

    Chicco

    ResponderExcluir
  24. Minha filha ganhou a sua cachorrinha quando tinha 3 anos...ela adora a poodle...vim retribuir sua visitinha...obrigada bjn

    ResponderExcluir
  25. Magda, obrigada pelo carinho, agora já estou tranquila, com meu pc e wi-fi...rsrsrs...

    Sim, Magda, adotar um animalzinho envolve cuidados, carinhos, gastos e muita responsabilidade. Para mim, é para sempre.

    Não apoio a ideia de comércio de animais, os meus são todos adotados do abandono, sem raça definida, quer dizer, ... eles tem a raça mais chic do mundo que é Viralatê!! kkkkkkk e são maravilhosos!! kkkk

    Acho que não existe idade para uma saudável e respeitosa convivência das crianças com os animais. Desde o nascimento, é bom que os laços de amizade se estreitem para que tenhamos adultos amorosos e defensores da causa animal.

    beijinhos,

    Lígia e turminha :)

    ResponderExcluir
  26. Oie, adorei seu blog fofa.. :) Depois dá uma olhadinha lá no meu... E se gostar segue de volta?


    http://rosaachiiclete.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir