5 de fevereiro de 2016

*Dieta vegetariana para cães e gatos*


Muitas pessoas podem ter a ideia de estender o seu modo de vida aos cães ou gatos de estimação. Em outros casos, os donos são aconselhados a procurar uma alimentação mais saudável para os pets e acabam fornecendo uma dieta vegetariana a eles. Essa dieta tem algumas restrições aos cães e é proibida para os gatos.

Os cães e os gatos pertencem à classe Mammalia e à ordem carnívora, ou seja, tiram a sua fonte de energia de proteína e gorduras proveniente de tecido animal, ou melhor: da “carne”. Os cães pertencem à superfamília Canídea e os gatos à superfamília Felídea. A evolução dessas espécies está ligada à domesticação que pode ter se iniciado entre 15 a 20 mil anos atrás, quando esses animais passaram a comer dietas similares a de seus donos, o homem, pois dividiam a caça e muitas vezes comiam restos de alimentos dos acampamentos do homem pré-histórico.

Dessa forma, quantidades significativas de carboidratos (sementes, frutas e cereais) foram introduzidas em suas dietas, porém os carboidratos não são essenciais na dieta dos cães e muito menos na dieta dos gatos. Essa evolução e adaptação foram muito mais intensas nos cães que passaram a se denominar onívoros (carnívoros parciais) e não aconteceu com os gatos que ainda se denominam essencialmente carnívoros. Mesmo após milhares de anos de domesticação, seu sistema enzimático digestivo é perfeitamente adaptado para digerir carne e muito ineficiente na digestão de amidos.

A própria dentição dos gatos e cães, diferente da nossa, é adaptada para a caça e para triturar ossos e carnes com facilidade. Além disso, o sistema digestivo (intestinos) mais curto é adaptado à digestão de dietas ricas em proteínas. Cães e gatos na natureza costumavam se alimentar de pequenas caças, comendo os animais inteiros e muitas vezes já mortos em decomposição. Alimentavam-se de coelhos, ratos, aves e outras presas. Assim, podemos verificar que o consumo energético proveniente da caça é originado 43% da proteína, 55% da gordura e somente 2% dos carboidratos ingeridos.


Uma dieta rica em carboidratos leva a um aumento de consumo diário de alimento em comparação a uma dieta rica em proteína e gordura. O aumento do volume ingerido resulta em maior volume de fezes, aumenta a predisposição à torção gástrica nos cães, a uma menor palatabilidade e digestibilidade e aumenta a possibilidade de obesidade (devido ao aumento da produção de insulina, aumentando a deposição de gordura nas células).

Uma dieta estritamente vegetariana nesses animais levaria a uma deficiência de arginina, lisina, metionina, triptofano, taurina, ferro, cálcio, zinco, vitamina A e algumas vitaminas do complexo B.

Assim sendo, não recomendamos em hipótese alguma uma dieta vegetariana para os gatos e, para cães, poderia ser recomendada com diversas restrições. Para alguns cães com problemas de intolerância alimentar ou alérgicos, podemos substituir a fonte de proteína de origem animal (carnes) por outra de origem vegetal ou com níveis adequados de proteína de outra fonte como ovos ou leite, sempre sob orientação do Médico Veterinário.

A maior causa de adoção da dieta vegetariana para os cães e gatos acontece principalmente como uma filosofia de vida que os donos acabam estendendo aos seus Pets do que por indicação médica devido à intolerância alimentar e/ou alergia. Assim, muitas vezes os vegetarianos desejam estender o seu modo de vida e alimentação também para os seus animais, desconhecendo as restrições fisiológicas e reais necessidades deles.


Fonte: petcare

8 comentários:

  1. Sabe, fico sempre em dúvida se estou alimentando meus cães direito, á despeito da recomendação pelo veterinário; é que fica sempre aquela pergunta que não quer calar: quando eu era criança, tínhamos muitos cães e gatos em casa. Viviam todos soltos no quintal e pelo bairro todo, como os cães dos vizinhos, e todos eles - digo todos mesmo - comiam restos de comida, fubá com bofe ou carne moída de segunda, ossos de boi, etc... e eram supersaudáveis. Meus cães hoje só comem ração e biscoitos de cães. Vejo que o número de casos de câncer em problemas renais em cães e gatos aumentou muito depois que as rações se tornaram o único alimento de cães e gatos... e fico com aquele peso no coração, e na consciência.

    ResponderExcluir
  2. Gostei, aprendi mais hoje aqui.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Não fazia a mínima ideia que era necessário ter tantos cuidados com a alimentação mas realmente se pensarmos bem, é graças à má alimentação que surgem muitas doenças no ser humano e os animais não são diferentes, há que cuidar deles porque eles também cuidam de nós :)
    Parabéns pelo blog, não o conhecia mas gostei bastante :)

    Gulosoqb

    ResponderExcluir
  4. Querida Magda: como sempre o teu blog é uma fonte de informação importante para quem, como nós, ama os nossos animais. Queremos sempre o melhor para eles e,às vezes, por puro desconhecimento podemos estar a prejudicá-los. Confesso que só dou ração à minha Kika ( e nem ela gosta ou pede outra coisa), mas gosto de comprar algo que contenha " legumes" pois penso que vai ser o melhor para ela. Agora já não sei se estou a fazer bem. No entanto, as rações devem ter o objetivo de serem o mais saudáveis possíveis, não é? Pelo menos é o que espero.Ela parece ( e é) super saudável e tem o pelo bem brilhante e macio.
    Bjn e BFS
    Márcia

    ResponderExcluir
  5. Interessante e boas dicas.
    Bjbjbj Lisette.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Magna.
    O seu blog é uma verdadeira aula, sempre gratificante vim aqui. A cachorrinha da minha filha a minha netinha lila rsrs, come bife de carne e ração. Muitos quiseram que desse só ração, mas quando induzir a carne como complemento percebi ela mais esperta, animada, tem dias que quando ela só que carne, deixo por algumas horas a ração e enfim está dando certo. Muito bom saber que alimentação vegetariana é ruim. Felizes dias. Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Interferimos muitos nos hábitos dos animais que domesticamos. Deveríamos tem mais consciência ao lidar com os animais, respeitando suas necessidades. Muita paz!

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, colega Magda!
    Que belo conteúdo desta postagem. Adorei aprender um pouco mais! :)
    Ei, moça!
    Hoje meu blogue está completando 4 anos de existência. Você faz parte desta comemoração afinal de contas, é minha seguidora.
    Dê uma passadinha por lá. Ficarei feliz com sua visitinha e comentário, sempre tão gentis.
    Tenha uma linda nova semana.
    Abração pra você! :)

    ResponderExcluir